Transportes

Motoristas dos coletivos de Sumaré protestam contra falta de segurança

A semana passada uma condutora foi agredida por um motorista de van

Jornalismo TVB Record TV

 

Os motoristas de ônibus da cidade de Sumaré paralisaram as atividades nesta terça-feira, 12 de junho, em protesto contra a falta de segurança para trabalhar. Os manifestantes, que reinvindicam o fim da violência contra os profissionais da categoria, fecharam as faixas da Avenida da Amizade e disseram esperar por uma providência da municipalidade.

 

HISTÓRICO

A semana passada, uma condutora foi agredida por um motorista de van e toda a ação foi registrada pelas câmeras de segurança. Nas imagens é possível ver o homem batendo no rosto dela e, os dois profissionais que estavam no veículo, não reagiram. O agressor é conhecido como João Della Coleta e é conhecido por ameaçar motoristas do transporte público e alternativo. Alguns profissionais abandonaram o trabalho por medo. Diversos boletins de ocorrência foram registrados na delegacia contra ele, a maioria, por lesão corporal.

 

 

Mais de Transportes