Meio Ambiente

USP detecta poluição acima do aceitável no Rio Piracicaba

Além da poluição estar três vezes acima do aceitável para essa época do ano, o nível de água do manancial está 30% abaixo da média

Rio Piracicaba está poluído e com nível de água 30% abaixo da média/ Crédito: Moreno Moura/Futura Press/Estadão Conteúdo

 

  •  

  • AGÊNCIA ESTADO/ 07/06/2018 - 15H48

O risco de mortandade de peixes e outros seres vivos é grande no Rio Piracicaba. É o que aponta medição feita pela USP (Universidade de São Paulo), que detectou nível de poluição três vezes acima do aceitável para esse período do ano no manancial.

Mapa da poluição traz vias campeãs em monóxido de carbono

A situação se torna mais crítica porque o volume de água também está 30% abaixo da média, o que aumenta a concentração de sujeira. Esgoto, garrafas plásticas, resíduos diversos e até pneus podem ser vistos no rio paulista. 

Copyright © 2018 Estadão. Todos os direitos reservados

  •  
  •  
  •  

Mais de Meio Ambiente