Polícia

Colombiana precisa de autorização do seu agressor para deixar o país com os filhos

Ela foi mantida em cárcere privado e espancada com vassoura e mangueira de fogão

Jornalismo TVB RecordTV

 

REDAÇÃO JORNALISMO TVB RECORD

 

O recomeço pode virar um novo drama na vida da colombiana que foi agredida com vassoura e mangueira de fogão e mantida em cárcere privado pelo próprio marido, em Campinas. Para deixar o Brasil com os filhos, ela precisa da autorização especial do agressor, o que é praticamente uma sentença de morte. Se deixar o país sem este consentimento, ela pode perder a guarda das crianças, que também era vítima da violência do pai. Confira.

 

 

 

Entenda o Caso

 

Após manter a própria esposa com seus dois filhos em cárcere privado e espancar violentamente a vítima com cabo de vassoura e mangueira do fogão, Cézar Augusto Buitrago Loiaza, foi preso em flagrante. O criminoso responde por lesão corporal, cárcere privada e ameaça. O caso ocorreu no bairro Padre Anchieta, em Campinas.

De acordo com o depoimento da vítima, que apresentava diversas marcas pelo corpo, Cézar teria chegado agressivo do trabalho e começado a espancá-la durante a tarde. As agressões teriam se estendido até a madrugada. As duas crianças do casal, de 9 e 12 anos, presenciaram toda a cena. O casal, que é colombiano, estava no Brasil há quatro anos. A vítima teme vingança e pretende deixar o país.

 

 

Mais de Polícia