Esportes

Guarani e Ponte perdem na estreia da Série B do Brasileiro

O Bugre enfrentou o Fortaleza fora de casa e a Macaca no Majestoso

PontePress/FabioLeoni
  •  

  • Agência Estado

  • 14/04/2018 - 23h20 (Atualizado em 15/04/2018 - 13h35)

 

A Ponte Preta não começa bem o Campeonato Brasileiro da Série B. A Macaca sofreu um gol logo aos três minutos, depois de uma falha do sistema defensivo, e acabou perdendo para o Paysandu, por 1 a 0, no estádio Moisés Lucarelli, que não recebeu público.

O Paysandu entrou em campo mais preocupado em se defender, mas abriu o placar logo aos três minutos depois de uma trapalhada de Renan Fonseca. O zagueiro tentou dominar cruzamento rasteiro e a bola sobrou para Cassiano finalizar por baixo de Ivan.

Atrás do placar, o time paulista pressionou e criou duas boas oportunidades. Na primeira, Perema afastou torto e a bola sobrou para Júnior Santos, que soltou a bomba em cima de Renan Rocha. Já nos acréscimos, Paulinho arriscou de longe e o goleiro espalmou para escanteio.

Sem conseguir marcar, a Ponte Preta se lançou toda ao ataque em busca da vitória e passou a dar espaços para o contra-ataque do Paysandu, que desperdiçou uma chance incrível com Cassiano depois de mais uma falha de Renan Fonseca. Sem um meia de ligação, o time da casa abusou das bolas alçadas e quase chegou ao empate nos acréscimos, mas uma cabeçada de Felippe Cardoso acertou o travessão antes de sair.

A Ponte Preta volta a campo pela segunda rodada da Série B no próximo sábado, contra o Criciúma, às 19 horas, no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma. Na sexta-feira, o Paysandu receberá o Londrina, às 21h30, no Mangueirão, em Belém.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 0 X 1 PAYSANDU

PONTE PRETA - Ivan; Tony, Renan Fonseca, Reynaldo (Murilo) e Marciel (Felippe Cardoso); Nathan, Paulinho e Léo Mineiro; Orinho, Felipe Saraiva (André Luis) e Junior Santos. Técnico: Doriva.

 

PAYSANDU - Renan Rocha; Perema, Diego Ivo, Edimar e Matheus Müller; Nando Carandina, Danilo Pires (Matheus Silva) e Pedro Carmona (Willyam); Moisés (Magno), Mike e Cassiano. Técnico: Dado Cavalcanti.

GOL - Cassiano aos três minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Péricles Bassols Pegado Cortez (PE).

CARTÕES AMARELOS - Nathan (Ponte Preta); Matheus Muller e Renan Rocha (Paysandu).

RENDA E PÚBLICO - Jogo disputado com portões fechados.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Fortaleza bate Guarani em estreia na Série B

Já o Guarani perdeu na estreia do campeontano na noite de sexta-feira. O Bugre até ia conseguindo um bom resultado, mas uma cobrança perfeita de falta do atacante Gustavo, aos 49 minutos do segundo tempo, garantiu a vitória do Fortaleza, do técnico Rogério Ceni, pelo placar de 2 a 1, na Arena Castelão.

Na comemoração, o artilheiro correu em direção ao treinador, que vinha do vice-campeonato cearense, no fim de semana.

Curiosamente, o Fortaleza buscou a vitória com um gol ao melhor estilo de Ceni, que fez fama com as cobranças de falta certeiras.

Assim, a equipe cearense somou seus primeiros três pontos no campeonato, enquanto o Guarani segue zerado.

O primeiro tempo na Arena Castelão não foi dos melhores. O Fortaleza teve bem mais posse de bola, mas criou poucas oportunidades de perigo. O goleiro Bruno Brígido trabalhou em cabeçada de Gustavo e chute de Jean Patrick. Já o Guarani se defendia com praticamente todos os jogadores e tentava encaixar um contra-ataque para surpreender.

A etapa final foi bem mais movimentada. De tanto insistir, o Fortaleza abriu o placar aos 18 minutos. Tinga tabelou com Jean Patrick dentro da área, cortou um marcador e bateu sem chances para Bruno Brígido. O gol acordou o Guarani, que se lançou em busca do empate. E ele saiu aos 29 minutos. Caíque cabeceou, Matheus Inácio não conseguiu segurar e soltou a bola nos pés de Pedro Bertoluzo, que não desperdiçou.

O jogo ficou aberto nos minutos finais e, quando parecia que terminaria empatado, Gustavo acertou o ângulo de Bruno Brígido em cobrança perfeita de falta aos 49 minutos, para a festa da torcida presente na Arena Castelão.

O Fortaleza volta a campo na próxima terça-feira, contra o Boa , às 19h15, no estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG). No sábado que vem, o Guarani recebe o Sampaio Corrêa, às 16h30, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas. Os jogos são válidos pela segunda rodada.

Fica técnica:

FORTALEZA 2 x 1 GUARANI

 

FORTALEZA - Matheus Inácio; Tinga, Adalberto, Diego Jussani e Bruno Melo; Jean Patrick (Wallace), Derley, Alan Mineiro (Dodô) e Edinho; Osvaldo (Wilson) e Gustavo. Técnico: Rogério Ceni.

GUARANI - Bruno Brígido; Lenon, Philipe Maia, Anderson e Marcílio; Denner (Luan), Ricardinho, Kevin (Serafim), Rondinelly e Caíque; Pedro Bortoluzo (Edson Silva). Técnico: Umberto Louzer.

GOLS - Tinga aos 18, Pedro Bortoluzo, aos 29, e Gustavo, aos 49 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Fabinho (Fortaleza); Philipe Maia, Ricardinho, Bruno Brígido e Marcílio (Guarani).

ÁRBITRO - Claudio Francisco Lima e Silva (SE).

RENDA - R$ 90.594,00.

PÚBLICO - 12.814 pagantes.

LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Mais de Esportes