Internacional

ONU: Conselho de Segurança rejeita pedido de condenar ataques à Síria

Apenas Rússia, China e Bolívia votaram pela condenação da ONU aos bombardeios. Oito países foram contra e quatro se abstiveram

Eskinder Debebe/ONU

 

 

O Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) rejeitou, neste sábado (14), o pedido da Rússia para condenar os bombardeios aéreos realizados pelos Estados Unidos, França e Reino Unido contra a Síria, na noite da última sexta-feira (13) — horário de Brasília. As informações são do jornal britânico "The Guardian".

Segundo o jornal, apenas Rússia, China e Bolívia apoiaram a condenação da ONU ao ataque. Etiópia, Cazaquistão, Peru e Guiné Equatorial se abstiveram.

Os três envolvidos no ataque (Estados Unidos, França e Reino Unido), juntamente com Costa do Marfim, Kuwait, Holanda, Polônia e a Suécia, votaram contra a condenação.

De acordo com nota da ONU, o secretário-geral da organização, António Guterres, "prometeu continuar envolvido na busca de uma solução com os países-membro do órgão".

 

Mais de Internacional