Economia

Prazo para resgate de cotas do PIS/Pasep termina nesta sexta-feira

Mais de 4 milhões de beneficiários com menos de 60 anos ainda não sacaram os valores disponíveis; agências da Caixa abrem mais cedo para resgates

Grana está liberada para trabalhadores de 1971 a 1988 / Fotoarena/Folhapress

Thomaz Kravezuk, do R7*  28/09/2018 - 05h01

Termina nesta sexta-feira, 28 de setembro, o prazo para cotistas do PIS e do Pasep resgatarem o benefício. Para facilitar os saques, as agências da Caixa abrem hoje duas horas mais cedo.

Pessoas com menos de 60 anos que contribuíram com o PIS/Pasep entre 1971 e 1988 têm direito ao resgate. Segundo a Caixa, mais de 4 milhões de contribuintes que atendem estes requisitos ainda não sacaram sua cota.

A abertura antecipada das agências não acontecerá em regiões nas quais esse horário não for a melhor condição de atendimento aos clientes. O critério será definido pela superintendência local.

Pessoas que ainda não fizeram o saque podem consultar a página do banco na internet para saber o valor a ser recebido. Caso o dinheiro já tenha sido creditado em conta, o site também informa a agência e banco no qual o benefício foi creditado.

Após o prazo

Segundo a Caixa, a partir de 1º de outubro, "os saques voltarão a ser permitidos somente para os cotistas (...) com 60 anos ou mais, aposentados, herdeiros de cotistas, pessoas em situação de invalidez ou acometidos por doenças específicas".

Até a última segunda-feira, 24 de setembro, foram pagos R$ 9.6 bilhões aos trabalhadores cadastrados no Fundo PIS/Pasep entre 1971 e 1988.

 

*Estagiário do R7​ sob supervisão de Paulo Lima.

Mais de Economia