Aviação

Falha em radar causa atrasos nos voos do Aeroporto de Guarulhos

Problema teve início durante a noite desta quinta-feira. Até a manhã desta sexta-feira, 32 voos haviam sofrido atraso e 4 foram cancelados

Falha nos radares provocou atrasos e cancelamentos dos voos em Cumbica / Hélvio Romero - Agência Estado - 25.05.2018

Pedro Pannunzio, do R7*, com Agência Record** - 20/07/2018 - 10h06 (Atualizado em 20/07/2018 - 10h19)

Uma falha nos radares da Aeronáutica que ocorreu por volta das 23h30 desta quinta-feira, 19 de julho, causou atrasos e cancelamentos dos voos no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

Segundo a assessoria de imprensa da GRU Airport, responsável pelo Aeroporto de Guarulhos, entre 00h e 08h de sexta-feira (20) foram registrados quatro cancelamentos e 32 atrasos, dos quais 30 na madrugada.

Ainda de acordo com a GRU Airport, a situação já foi normalizada.

Força Aérea Brasileira

A FAB (Força Aérea Brasileira) informou que as operações nos aeroportos de Guarulhos e Campinas foram temporariamente suspensas, em decorrência da “instabilidade no sinal do radar de controle da Área de Controle Terminal de São Paulo (APP-SP)”, que teria sido regularizado já na madrugada desta sexta-feira (20), por volta da meia noite.

A companhia também disse que o Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA) adotou medidas para “contingenciamento de fluxo” entre as aeronaves de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Curitiba.

LATAM

A LATAM Airlines Brasil informou que devido aos problemas no radar dois voos foram cancelados e oito sofreram atraso. A companhia disse que a situação está sendo regularizada e que está “prestando a assistência necessária aos passageiros”.

Avianca

A Avianca Brasil confirmou que alguns voos da companhia sofreram atraso em decorrência do problema no sinal do radar. Além disso, a empresa ainda disse que prestou atendimento necessário aos clientes e que a situação “ultrapassou seus limites de atuação”.

Azul

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras também confirmou que "alguns voos da companhia foram impactados". A empresa lamentou o ocorrido e disse que os clientes receberam toda a assistência necessária.

A Agência Record entrou em contato com as outras companhia aéreas brasileiras, mas ainda não obtve resposta. O espaço está aberto para manifestação.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Fabíola Perez - **Colaboraram Rafael Custódio, Stephanie Nascimento e Ingrid Navarro 

Leia também: Problema em radar afetou operação no Aeroporto de Congonhas

Agência Estado - 20/07/2018 - 13h10 (Atualizado em 20/07/2018 - 13h10) 

Operação dos aviões foi afetada por problema em radar

Operação dos aviões foi afetada por problema em radar

Moacyr Lopes Júnior/Folhapress - 13.01.2016

 

Pousos e decolagens no Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital, foram afetados por um problema técnico em radar na manhã desta sexta-feira, 20 de julho.

De acordo com a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), as operações não foram totalmente suspensas, mas ficaram "mais espaçadas" em dois momentos: entre 4h29 e 5h20 e das 10h46 às 11h32.

 

O funcionamento já foi normalizado, segundo a estatal.

No mês passado, uma falha em radar afetou o funcionamento dos aeroportos de Congonhas, Cumbica e Viracopos, causando atrasos em voos.

Copyright © 2018 Estadão. Todos os direitos reservados

Mais de Aviação