Esportes

Seleção já está em Kazan e Miranda será o capitão contra a Bélgica

Como já virou tradição na Copa da Rússia, torcedores animados fizeram festa para a equipe brasileira que retribuiu com acenos e muita simpatia

Será a segunda vez na copa que o zagueiro Miranda vai ser o capitão de Tite / Lucas Figueiredo - divulgação CBF

Odair Braz Junior, do R7, com informações de Cosme Rímoli - 05/07/2018 - 06h39 (Atualizado em 05/07/2018 - 07h26)

A equipe brasileira chegou à cidade de Kazam, nesta quinta, 5 de julho, por volta das 12h30 (horário local), e teve uma ótima recepção dos torcedores. O time enfrentará, nesta sexta, 6 de julho, a seleção da Bélgica pelas quartas de final da Copa do Mundo. 

Cerca de 300 pessoas acompanharam a chegada do ônibus ao hotel e a comissão técnica confirmou que o zagueiro Miranda será o capitão. É a segunda vez que ele assume a função nesta Copa (anteriormente foi no jogo contra a Sérvia).

Miranda passa a ser o jogador que mais vezes foi o homem de Tite em campo, desde que o treinador assumuiu a seleção brasileira, em 2016. 

Torcida na chegada da seleção em Kazan

Torcida na chegada da seleção em Kazan

Foto: Cosme Rímoli

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na Rússia, Marcelo foi o capitão na estreia contra a Suíça e Thiago Silva usou a braçadeira nas partidas contra a Costa Rica e o México.

 

O sistema defensivo do Brasil é um dos pontos fortes da seleção, já que só tomou um gol em quatro jogos. A escolha de Tite valoriza ainda mais os dois zagueiros brasileiros. 

Esta foi a recepção mais calorosa da equipe brasileira até agora. Na chegada, os jogadores da seleção desceram e deram a volta no ônibus para cumprimentar, mesmo que à distância, os torcedores que estavam por ali. Não houve contato, já que grades mantinham os fãs afastados. Mas os atletas foram atenciosos, deram tchauzinhos, filmaram e tiraram fotos.

Mais de Esportes