Esportes

Bélgica tenta 'driblar' aperto contra asiáticos em Copas para avançar

Mesmo com apenas uma derrota na história, os belgas costumam enfrentar jogos duríssimos contra seleções do continente, e querem avançar às quartas

Bélgica treina para tentar mudar retrospecto de jogos duros contra asiáticos / Lance

Lance  02/07/2018 - 06h30 (Atualizado em 02/07/2018 - 09h08)

Apontada por muitos como a maior favorita para avançar às quartas de final desta Copa do Mundo, a Bélgica terá que superar uma dificuldade histórica se quiser vencer o Japão. Ao todo, os Diabos Vermelhos enfrentaram equipes asiáticas seis vezes no Mundial, vencendo três, empatando duas e perdendo uma. Mesmo com metade dos resultados positivos, os placares apertados deixam clara a 'dureza' enfrentada pelos europeus nos confrontos.

Metade dos duelos foram contra a Coréia do Sul. O embate mais recente ocorreu na Copa de 2014, disputada no Brasil. Em um grupo com Argélia, Rússia e Coréia, que já tinha sido uma 'pedra no sapato' ao arrancar um empate por 1 a 1 em 1998, a já badalada geração belga enfrentou dificuldades na última rodada e venceu os coreanos na Arena Corinthians com um placar magro de 1 a 0. Anos antes, em 1990, a Coréia não tinha assustado tanto e saiu derrotada por 2 a 0, sendo essa a única vitória dos belgas por mais de um gol de diferença em Copas contra seleções asiáticas.

Outro asiático que fez jogo duro contra a Bélgica foi o Iraque. Na Copa de 1986, no México, as duas seleções caíram no mesmo grupo e fizeram um jogo muito disputado em Toluca, encerrado com vitória de 2 a 1 dos belgas, que mais tarde chegariam às semifinais do torneio.

Em 1994, a Bélgica foi derrotada pela Arábia Saudita e quase complicou sua vida para avançar às oitavas de final. Naquela época, a Copa do Mundo ainda era disputada por 24 seleções dividas em seis grupos, com os quatro melhores terceiros colocados se classificando para a próxima fase. Com o resultado negativo, os europeus ficaram na terceira colocação de seu grupo e por pouco não caíram na fase de grupos.

O Japão, adversário nesta segunda-feira, já cruzou o caminho da Bélgica na Copa de 2002. A equipe do técnico Robert Waseige chegou à última rodada da primeira fase dependendo de uma vitória para garantir a primeira colocação do grupo, mas acabou empatando em 2 a 2 com os Samurais Azuis e, consequentemente, enfrentando o Brasil nas oitavas.

Bélgica e Japão se enfrentam nesta segunda-feira, às 15 horas, em Rostov. Quem avançar às quartas de final será o adversário do vencedor do confronto entre Brasil e México.

Mais de Esportes